quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

E como é da tradição..

Em matéria de rituais para a noite da passagem de ano quase ninguém acredita, mas poucos são os que lhes resistem. Se não gosta do sabor das passas, não quer andar a saltar em cadeiras, a mergulhar em água gelada ou atirar coisas pela janela, nós compreendemos! Experimente usar uma peça de roupa interior nova e da cor azul, é mais seguro.

Em relação a superstições a mais útil para dar sorte para o novo ano é a de estrear umas cuecas novas (e sempre fica com elas para o resto do ano). Este ritual simboliza o virar da página, um novo começo.

O fundamental é que as cuecas sejam novinhas em folha. O feitio não é importante, boxers ou tanga, todas são eficazes.

As cuecas azuis dão sorte, mas se o que o preocupa realmente é encontrar a sua cara-metade, então o melhor será optar por vermelho.

Se está mal de finanças e o que pretende é uma carteira recheada, então escolha umas amarelas. Se está farto de loucuras e o que procura é um 2011 cheio de paz e harmonia, as suas cuecas são definitivamente as brancas. Já para a saúde prescrevem-se as verdes!

Bom Ano 2011!!

Fonte, Lifecooler

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Sabiam que a Soja Crua Reduz Colesterol?

A soja crua não só combate alguns tipos de cancro como, segundo atesta uma análise a vários estudos, também combate o colesterol.

Uma análise transversal de 57 estudos sobre a soja permitiu a uma equipa de investigadores americanos descobrir mais um dos benefícios deste alimento. Os dados vão ser apresentados no Sexto Simpósio Internacional sobre Soja e Prevenção das Doenças Crónicas, que decorre em Chicago.

Duas doses desta proteína diária crua parecem contribuir para reduzir os níveis de colesterol no sangue em cerca de 9 por cento. Quando submetida a altas temperaturas, a soja perde grande parte das suas qualidades - excepto no tofu, em que as proteínas já estão estabilizadas. É por isso que estes benefícios não se obtém através da ingestão de alimentos enriquecidos com soja, como cereais e barras.

“As proteínas da soja aumentam a actividade dos receptores de baixa densidade da lipoproteína, principalmente no fígado, que elimina o colesterol do corpo”, explicou o responsável pelo estudo. Que recomenda ainda a soja seca, em alimentos ou vitaminas, e uma ingestão com regras e a horas certas, tal como um medicamento.

A soja tem vindo a revelar-se, para além de uma das fontes de proteína vegetal mais saudáveis, um alimento antioxidante, que ajuda a reduzir os riscos de doença cardíaca e a prevenir alguns tipos de cancro.

(Agência EFE)

Boswellia Reduz Sintomas de Artrite

Investigadores da Universidade da Califórnia acreditam que esta pode ser uma alternativa eficaz e sem efeitos adversos aos anti-inflamatórios.

Extractos da planta Boswellia Serrata mostraram resultados eficazes no tratamento de dor e rigidez articular geralmente associados à artrite.

Um estudo publicado no jornal Arthtitis Research and Therapy revela que o efeito mantém-se consistente durante todo o período de tratamento, sem registo de efeitos secundários adversos.


A erva, também conhecida como “incenso indiano”, foi testada por investigadores da Universidade da Califórnia, durante 90 dias, em 70 pacientes com artrite do joelho. Os resultados foram evidentes logo ao final de sete dias, com os participantes tratados com Boswellia a relatar alívio da rigidez muscular e da dor.

O líquido articular analisado também revelou uma redução de enzimas inflamatórias. Alguns dos doentes testaram uma versão enriquecida com ácido bosvélico, o ingrediente activo da planta que se pensa estar na base do seu potencial anti-inflamatório.

A Boswellia Serrata é frequentemente utilizada pela medicina ayurvédica para o tratamento de problemas reumáticos e infecções, mas na Europa os efeitos da planta só agora começam a ser estudados.

A nossa sugestão: Reumaplus Alívio Activo

Fonte, Revista 100% Natural





terça-feira, 28 de dezembro de 2010

E um Risotto Arborio para o jantar?

Ingredientes (5 pessoas)


- 2 chávenas de chá de risotto;

- Azeite (1 copo);

- 1 Cebola picada;

- Vinho branco seco (1 copo);

- 300g de Tomate seco;

- 1g de Açafrão La Mancha;

- Espargos verdes (2 molhos);

- Sal a gosto;

- Queijo parmesão q.b.


Passo a passo

- Ferva os espargos frescos em 1 litro de água durante 20 minutos. Coe e reserve o caldo, mantendo-o em lume mínimo para que se conserve quente.

- Retire as pontas dos espargos ao fim de 10 minutos. Guarde-as para guarnecer o risotto.

- Num tacho de ferro refogue a cebola com o azeite.

- Junte o risotto ao refogado e deixe fritar durante cerca de 5 minutos, mexendo sempre.

- Deite o vinho, o açafrão moído, o sal e os tomates secos picados. Envolva tudo, continuando a mexer.

- Quando o líquido começar a faltar, junte o caldo dos espargos (uma chávena de chá) quente.

- Vá mexendo, adicionando o caldo dos espargos sempre que necessário.

- Continue a mexer até o risotto estar macio e quase sem líquido.

- Junte as pontas de espargos e rectifique o sal.

- Tape o tacho, retire do lume e abafe durante 10 minutos.

- Quando servir, polvilhe com queijo parmesão ralado no momento.


Avaliação nutricional/por pessoa:

- Hidratos de Carbono: 64g

- Proteínas: 7,2g

- Lípidos: 37,4g

- Valor calórico: 640 calorias

Fonte, Receita autoria Green Pepper Revista Performance Nº 64

Tribulus Terrestris, Viagra Natural

Sabia que a planta, Tribulus Terrestris, é considerada um ''Viagra Natural'?
Os últimos testes efectuados sobre esta planta puseram em evidência:


- Um aumento do vigor sexual com toda a segurança: aumento do teor de testosterona de aproximadamente 30% sem efeitos secundários.

- Activação das funções sexuais femininas, bem como uma diminuição da frigidez

- Redução dos sintomas pré e pós menopausa e andropausa.

Além destes factos comprovados, esta planta é um excelente tónico hepático.
Favorece a transformação do colesterol e gorduras em energia.

A suplementação com Tribulus Terrestris não interfere significativamente com a composição corporal ou as performances físicas de homens que treinam regularmente e já possuem resistência. Contudo, de acordo com um estudo científico, a planta contém saponinas esteróides.

O Tribulus Terrestris possui protodioscina. Foi provado clinicamente que este agente fitoquímico aumenta o desejo sexual e desenvolve a capacidade de erecção, através da conversão da protodioscina em DHEA (dehidroepiandrosterona).

Contra-indicações/cuidados com o Tribulus terrestris:
Pessoas com hipertensão ou cardiopatia, só devem usar a Tribulus com acompanhamento médico.
Evitar o uso interno.

A nossa sugestão: Tribulus GoldNutrition

Fonte, Revista Performance





quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Alimentação Vegetariana para Desportistas

Se não come carne, pode exigir um maior planeamento para obter as proteínas suficientes para a construção muscular e o treino desportivo.

Os vegetarianos devem ter um cuidado extra de modo a evitar deficiências de ferro, zinco e de vitamina B12, que pode prejudicar o desempenho do exercício.

Como conseguir as proteínas adequadas para a sua dieta:
As recomendações actuais de proteína ideal para a construção muscular num atleta é de 1,6-1,7 gramas de proteína por quilo de peso corporal.

Exemplo:
Para um atleta de 80 kilogramas, são necessárias cerca de 128 a 136 gramas de proteína por dia.

Não há nenhuma evidência científica de que mais de 2,0 gramas de proteína por kg de peso corporal tenha qualquer benefício adicional da força muscular ou aumento de performance.

Pode ingerir bastantes proteínas, ao incluir na sua dieta produtos de baixo teor de gordura e proteínas de fontes vegetais, como a soja, na sua alimentação.

As seguintes fontes de proteína podem funcionar para os desportistas vegetarianos:

Leite, 8 gramas
Tofu, 15 gramas
Iogurte, 8 gramas
Queijo, 21 gramas
Manteiga de Amendoim, 2 colheres de sopa, 8 gramas

Como ingerir ferro suficiente na sua dieta:
O ferro heme é um tipo de ferro facilmente absorvido e que é encontrado na proteína animal.

Se comer peixe ou frango, vai conseguir ingerir esse tipo de ferro, mas se não comer carne, terá de encontrar outras fontes de ferro.

Os nossos corpos não absorvem ferro não-heme - o tipo encontrado nos vegetais - tão facilmente como o ferro que vem de alimentos de origem animal.

Os desportistas que não comem carne, especialmente do sexo feminino, deve prestar especial atenção às suas necessidades de ferro dietético.

As boas fontes de ferro não-heme incluem cereais integrais, vegetais verdes folhosos, figos, lentilhas, feijão e algumas frutas secas.

Como ingerir vitamina C em sua dieta:
Vitamina C das frutas, verduras e de outros alimentos, ajudam os vegetarianos a absorver ferro não-heme de outros alimentos, por isso é sempre uma boa prática comer uma combinação de alimentos em cada refeição.
Considere combinar frutas cítricas com cereais integrais fortificadas ou beba um sumo de frutas cítricas com um prato à base de feijão.

Fonte, Revista Performance





terça-feira, 21 de dezembro de 2010

A Proteína pode e deve ser tomada por todos?

Hoje partilhamos uma questão que nos é colocada várias vezes.

A Proteína pode e deve ser tomada por todos?


Quais sao as consequencias negativas ao consumir um suplemento alimentar como a Proteína?

Embora o posicionamento da Proteína do Soro do Leite, vulgo Whey, seja marcadamente para desportistas, existem estudos científicos que provam e defendem que esta substância pode e deve ser tomada por um leque muito mais abrangente de pessoas.


Para desmistificar um pouco esta tendência, enumeramos abaixo, de forma muito simples e objectiva as vantagens e os grupos-alvo que podem usufruir de forma forma positiva dos benefícios da Proteína/Whey:

Crianças e adolescentes - Para promover um crescimento saudável;

Idosos e pessoas debilitadas ou enfraquecidas imunitariamente - Para travar a perda de massa muscular e fortalecer o sistema imunitário;

Todas as pessoas - Para ser integrada num regime alimentar saudável, substituindo a carne ou o peixe, às principais refeições ou lanches;

Dietas de controlo de peso - Para manter a massa muscular;

Atletas e praticantes ocasionais de desporto - Para travar a destruição/degradação muscular e acelerar a recuperação.

A nossa sugestão de suplementos com proteínas:
- Total Whey GoldNutrition
- StartSlim Shake

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Hidratação para Desportistas

Durante o treino o organismo liberta água corporal e sais minerais. As reservas de açúcar diminuem. Fundamental é, por isso, saber como repor os elementos perdidos e dar de beber ao corpo.

A desidratação não acontece apenas aos atletas profissionais. Um estudo de 2006 indica que metade das pessoas que frequentam ginásios iniciam a actividade física já desidratadas.
 A seguir a uma actividade física prolongada, pode perder um ou dois quilos, mas isso não significa uma redução de gorduras.
Quando perde este tipo de peso, significa que está a perder fluidos que o seu corpo necessita para funcionar correctamente, pelo que é essencial repô-los antes, durante e depois da actividade física.
Por cada 1% de peso corporal perdido por desidratação, o ritmo cardíaco aumenta 5-8 batidas por minuto, a capacidade cardíaca diminui significativamente e a temperatura do corpo aumenta 0,2-0,3ºC.
Todos estes factores limitam o aporte de oxigénio aos músculos. Então como garantir uma hidratação correcta?

O que beber:

Água - Apesar de a água fornecer fluidos essenciais para o funcionamento do corpo, estudos recentes demonstram que pessoas activas e atletas apenas repõem metade dos fluidos perdidos durante o exercício físico, quando optam por beber água.

Bebidas desportivas - Possuem electrólitos, incluindo sódio e potássio, que repõem o que se perdeu através do suor. Estudos demonstram que os atletas e desportistas bebem necessariamente mais, se se tratar de uma bebida aromática do que água. Consequentemente estarão melhor hidratadas. As bebidas desportivas contêm hidratos de carbono, que fortalecem os músculos (reposição do glicogénio muscular) e ajudam a resistir à fadiga. Procure uma bebida desportiva com 6% de hidratos de carbono (14g por 240ml), o nível óptimo para reabastecer o corpo em actividade.

Quando beber:

Antes do exercício – 500 a 600 ml duas a três horas antes da actividade física e beber

250-300ml adicionais de fluidos 10 a 20m antes do inicio da prática desportiva.

Durante o exercício – 250-300 ml (cada 15m)

Depois do exercício – Beber pelo menos 125 ml por cada 100g perdidos nas 2 a 3 horas seguintes ao exercício físico.

Conselhos adicionais sobre hidratação

Quando estiver activo, não confie na sua sede.
Com o corpo quente e suado, o seu mecanismo da sede pode “desligar-se” cedo demais, enganando-o e levando-o a acreditar que não necessita de mais líquidos.

Os fluidos não são absorvidos mais rapidamente se consumidos frios ou à temperatura ambiente.
Isto significa que a temperatura não afecta a absorção dos fluidos e pode ser bebida à temperatura que mais apreciar. Para a maioria das pessoas que faz exercício físico, a preferência recai sobre bebidas frescas.

Verifique a cor da sua urina
Se a cor da sua urina for escura, da cor do chá, significa que está desidratado. Se for da cor da limonada, isso indica que está a hidratar-se correctamente.

Atenção
Se a ingestão de bebidas isotónicas (ou águas pobres em sódio) for demasiada, o excesso de líquidos pode ser mais prejudicial do que benéfico. O corpo fica com baixos níveis de sódio e entra em hiponatremia, uma condição caracterizada por desorientação, letargia, tonturas e problemas respiratórios. Convém por isso fazer uma adequada do perfil do atleta, factores de risco, pesagem pré e pós-competição.

Fonte, Revista Performance



domingo, 19 de dezembro de 2010

Plano Anti-inflamatório para combater as Doenças Reumáticas


As articulações podem ser descritas como os elementos no nosso corpo que fazem a ligação entre dois ossos ou duas cartilagens, sendo que estas estruturas, nomeadamente a partir dos 50 anos, são muitas vezes afectadas por doenças reumáticas.


Osteoartrite:

Esta é a principal forma de artrite na nossa sociedade, estimando-se que possa afectar mais de 80% da população com mais de 50 anos.

De carácter degenerativo envolve a destruição da cartilagem a qual cobre os topos ósseos. A prazo, quando se efectua qualquer movimento, há dor impotência funcional e rigidez articular: Geralmente não há inchaço. Afecta fundamentalmente as articulações dos joelhos, da coluna, da anca, das mãos e dedos.

O seu diagnóstico. por se tratar de uma doença crónica, requer a máxima antecipação para que o seu tratamento seja iniciado o mais cedo possível, sendo que este incide em dois vectores de actuação por um lado o recurso a medicamentos anti-inflamatórios/analgésicos na fase em que há mais dor. Numa fase regular deverá optar por suplementos e outras terapias complementares cuja acção benéfica está já bem investigada.


Artrite Reumatóide:

O segundo tipo de artrite mais prevalente no mundo ocidental é a artrite reumatóide. Esta, é uma doença auto-imune, quer dizer, o sistema imunitário do indivíduo começa a produzir anticorpos que vão atacar a membrana e o líquido sinovial, o qual lubrifica a articulação.

Esta doença desenvolve-se a partir duma inflamação nas articulações, mais concretamente na membrana sinovial, que se torna progressivamente mais densa, cessa a produção do líquido responsável pela lubrificação e inicia o fabrico de um outro fluído com acção destrutiva. Os primeiros membros a serem afectados são habitualmente as mãos e os pulsos, sendo que com o agravamento da doença, o paciente pode realmente ser conduzido a uma invalidez total.

Ao contrário da Osteoartrite na Artrite Reumatóide existem factores e grupos de risco, uma vez que as mulheres são mais vulneráveis a esta doença, e a sua evolução é mais rápida nos indivíduos mais jovens.


Efeitos Secundários dos Anti-inflamatórios:

Os anti-inflamatórios usualmente recomendados para aliviar os sintomas da doença reumática, provocam uma série de problemas mais ou menos graves ao organismo humano. Para além das gastrites e possíveis úlceras no estômago, podem surgir problemas hepáticos.

Só nos E.U.A., estimava-se, em 1998, que 41.000 pessoas eram hospitalizadas devido aos efeitos secundários causados por estes anti-inflamatórios.

Tão grave ou mais que os efeitos secundários já citados, é a possibilidade destes fármacos poderem agravar a doença, uma vez que inibem a síntese do colagéneo e aceleram a destruição da cartilagem. O colagéneo é como uma "cola" que serve para manter os tecidos unidos e, por isso, qualquer programa que se leve a cabo para aliviar as dores, deverá favorecer a produção de colagéneo e não, a sua destruição!

Recentemente, o conceituado British Medical journal, refere que as loções analgésicas que contêm substâncias si- milares à aspirina, deixam de ser eficazes na osteoartrite ao longo de poucas semanas de uso e, por isso, segundo os especialistas da Universidade de Nottingham, as normas correntes em vigor para tratamento desta patologia deviam ser revistas.

É aqui que, cada vez mais, assumem importância decisiva para travar o percurso da doença degenerativa articular, suplementos bem investigados pela ciência, como a glucosamina e a condroitina.

Provavelmente, hoje em dia, estes são os dois únicos suplementos naturais, que sem apresentarem qualquer efeito secundário, podem travar a progressão da destruição da cartilagem!

Resumindo, pode-se não curar a artrite, mas existem um conjunto de medidas que deverão ser postas em prática no sentido de ajudar o paciente a melhorar a sua qualidade de vida, nomeadamente:

- Fundamental, evitar ganhar peso;

- Manter a actividade física. O movimento é essencial para o fortalecimento das articulações;

- Recorrer às medicinas complementares, tais como, acupunctura, quiropractica, medicina ayurvédica e hidroterapia (termas);

- Evitar o stresse;

- Dieta rica em legumes verdes, peixes gordos, frutos frescos, frutos secos e cereais integrais;

- Suplementação apropriada;

- Eliminar café, álcool, tabaco e açúcares.


Suplementos Recomendados:

Reumaplus: 3 cápsulas por dia, durante um mês e, posteriormente, 2 cápsulas por dia. Este produto 100% natural contem Sulfato de Glucosamina e Condroitina, os quais foram demonstrados em inúmeros estudos científicos possuírem uma boa eficácia anti-inflamatória e, até regeneradora da cartilagem. Estes são os principais constituintes da cartilagem. Ao contrário dos fármacos anti-inflamatórios, não agride o fígado, nem o estômago.
Pure Fish Oil Goldnutrition: Os Ómega-3 são um nutriente promotor de saúde e do bem-estar geral, por promoverem a saúde cardíaca, cerebral, do sistema nervoso, da visão, da pele e funcionar como anti-inflamatório, entre outros benefícios.

All-in-Fit Ómega 3 + Ómega 6 + Ómega 9: combina os reconhecidos benefícios dos ácidos gordos essenciais polinsaturados Ómega 3 e 6 com o tradicional Ómega 9, numa apresentação em cápsulas moles (softgel).

Vitamina C: Essencial para a formação do colagéneo e da cartilagem. Potente acção anti-oxidante. Tomar 500 a 1000mg por dia.

Kyolic Ómega 3 – Acção anti-inflamatória. Combate os sintomas da artrite reumatóide.

Fonte, Revista EcoNews Nº 7




sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Os poderes do gengibre

Sabia que o Gengibre trata problemas digestivos, circulatórios e dores articulares?

Com folhas em forma de lança e raízes com aspecto característico e inconfundível, o gengibre é uma planta ancestral que, devido às suas propriedades, se diz ser oriundo do Jardim do Éden. Zingiber deriva de uma palavra de origem Sânscrita que significa “forma de chifre”, em referência às protusões na raiz da planta.

Nativo da Ásia, cresce ao longo dos trópicos, em especial entre a Índia e a China, sendo a sua propagação feita através da divisão da raiz. Desenvolve-se bem em solos férteis e necessita de muita chuva, chegando a atingir 1,2 metros. O seu rizoma é retirado ao fim de 10 meses. Depois de lavado é posto de molho, sendo por vezes fervido e pelado.

Utilizado como especiaria devido ao seu aroma e sabor muito característicos, a raiz de gengibre é também usada medicinalmente com diversos fins. Rica em óleo essencial (2 a 3%) como o zingibereno, geraniol e linalol, possui ainda substâncias que lhe dão um sabor acre e picante: os gingeróis e soagóis (presentes na fracção resinosa), amido (60%), lecitinas, proteínas e sais minerais. Devido à natureza dos seus constituintes, o gengibre tem uma acção estimulante da secreção salivar e gástrica, aumentando o tónus da musculatura intestinal e o peristaltismo, sendo estas acções atribuídas às substâncias picantes. Além desta acção, o gengibre é também um excelente antiemético natural no combate aos enjoos das viagens. Tem ainda um efeito positivo em situações de problemas respiratórios (gripes e constipações), como excelente antiséptico e anti-inflamatório. Devido às suas características pungentes (picantes), o gengibre é também um estimulante circulatório, podendo ajudar em casos de frieiras e má circulação nas mãos e nos pés.

Utilização e aplicações medicinais:
Quer como aperitivo, antiemético, no combate aos enjoos ou nas afecções respiratórias, a raiz de gengibre tem de facto revelado, quer pelos estudos científicos, quer pela utilização tradicional, ser uma óptima ajuda em diversos casos. A Comissão E* aprovou a sua utilização em problemas dispépticos e na prevenção de sintomas da cinetose (tonturas, náuseas, eventualmente vómitos, palidez e suor que podem ser causados por veículos em movimento).

Já no que respeita à administração do gengibre nos enjoos da gravidez, a Comissão E* não a recomenda. No entanto, não existem evidências que as doses terapêuticas mencionadas pela Comissão E* para a actividade anti-nauseante produza algum tipo de efeito perigoso, quer para a mãe, quer para o feto. Pensa-se que esta contra-indicação advenha de estudos realizados sobre a utilização de compostos isolados do gengibre.

A medicina tradicional chinesa utiliza amplamente esta planta, incluindo para tratamento dos enjoos da grávida, sem qualquer tipo de advertência. Contudo, e dado se tratar de uma situação especial, é sempre conveniente o aconselhamento médico. Os orientais costumam ainda aplicar compressas de gengibre sobre zonas dolorosas, para aliviar dores articulares e musculares.

Dosagens recomendadas:
Quer por cozimento ou infusão, em comprimidos, cápsulas ou tintura, o gengibre pode ser consumido de várias maneiras.

Para uma infusão ou cozimento, podem-se adicionar 0,6 a 2g de rizoma de gengibre por chávena. Beber três chávenas por dia.

Em comprimidos, a dose será cerca de 500mg de pó três vezes por dia, antes das refeições.

Se for utilizada uma tintura, 30 a 50 gotas (1:5) uma a três vezes por dia.

Fonte, Revista Performance

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Alimentação e Hidratação de um ciclista

Sabia que...em dias de competição, os ciclistas podem chegar a consumir 6000 Kcal ou mais.
Os hidratos de carbono e outros açúcares com grande concentração de calorias são a principal fonte de energia.
Cerca de 75% da sua alimentação diária é composta por massas, arroz, cereais, sobremesas e doces.
Um ciclista ingere, em média, 1 a 1,5 lt. de líquidos por hora.
Se a etapa for de seis horas, pode atingir os 9 lt. durante a prova, mais 2 no período pós-competição.

Experimentem o Fast Recovery Drink GoldNutrition é uma excelente bebida de recuperação.

Fonte, GoldNutrition

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Celulite? Será que tem solução?

Principalmente localizada nas coxas, nádegas e região abdominal... passamos muito bem sem o efeito casca de laranja!

Deixamos umas dicas de soluções naturais que lhe podem ajudar:

2 chávenas de chá verde, que equivalem em capacidade antioxidante, a 20 copos de sumo de maçã.

O que explica o poderoso efeito do chá verde sobre a eliminação das toxinas presentes em zonas de acumulação de gordura (celulite).

Outra dica natural: A celulite também se combate pela activação da circulação sanguínea, provam a Ginkgo Biloba e a Centella Asiática, que apresentam uma acção vaso-protectora e fortalecedora do tecido conjutivo.

Ataquem-na! Naturalmente

Fonte, Revista 100%Natural

Para ter resultados mais rápidos, existem produtos com acção comprovada no combate à celulite. Deixamos aqui algumas sugestões:


Chá Verde Super Concentrado

StartSlim Gotu Kola

StartSlim Ampolas

Emagril Gel Celulite

Pack Centella Asiática

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Creatina para Aumentar a Força


O papel da creatina está comprovado por centenas de estudos científicos e por inúmeros testemunhos de atletas de diversas modalidades desportivas que a tomam regularmente. É usada como reserva energética pelas células musculares para o sprint e para o exercício de força explosiva. A creatina permite também aumentar a massa muscular magra.

Os estudos efectuados com atletas demonstram que a maior parte do progresso de força, potência e desenvolvimento muscular acontece no primeiro mês de utilização da creatina, desde que se faça uma fase de carga, com creatina, onde são usados cerca de 300 mg/kg peso corporal, durante 5 dias. Após este período segue-se uma manutenção com 3 ou 4 g por dia, durante 4 semanas.

A creatina não é considerada doping, nem apresenta qualquer efeito tóxico para o organismo, nas doses recomendadas.


Fonte: Departamento Técnico GoldNutrition

Mais uma curiosidade sobre o Café! Mas só para os que fazem desporto


Sabiam que duas chávenas de café antes de um treino intenso podem diminuir as possibilidades dos músculos ficarem depois doridos?

Foi o que aconteceu aos participantes de um estudo, que relataram menos dores musculares quando ingeriram uma dose de cafeína antes de uma prova de ciclismo.

Os benefícios foram observados quer nos consumidores habituais de cafeína quer nos que normalmente a rejeitavam, diz o estudo publicado no Internacional Journal os Sports Nutrition and Exercise Metabolism.

A cafeína pode limitar a dor muscular ao bloquear a actividade de uma substância chamada adenosina.

Por isso bebam café e bons treinos!

Fonte, Revista Performance  

Já conhece o Segredo do Mangostão?


A procura disparou quando o Dr. OZ, médico da Oprah, disse ser fã de um fruto chamado Mangostão! 

O mangostão é um fruto tropical proveniente da Ásia, sendo considerado o fruto nacional da Tailândia. Ainda podem encontrar-se árvores espontâneas deste fruto, cujo peso médio ronda os 100 gramas, naTailândia, Borneo, Malásia, Brunei e na Indonésia.

Os poderes do Mangostão:

Os asiáticos classificam os frutos como refrescantes ou quentes, conforme sejam yin ou yang. O mangostão encaixa-se na primeira categoria: é um fruto refrescante, equilibrado, em termos de doçura e acidez, suculento e de aroma e gosto subtis. Mas as propriedades que maior impacto geram nos consumidores são as antioxidantes.

O mangostão lidera o ranking dos frutos antioxidantes.

O mangostão é agora também um fruto mediático. Assunto para artigos na imprensa escrita, foi já "convidado" especial na Oprah. Como se costuma dizer, "onde há fumo há fogo". E na verdade parecem confirmar-se os benefícios do mangostão.

O famoso médico herbalista americano Jim Duke refere mais de 200 benefícios para a saúde, resultantes do consumo deste fruto.

A maioria dos trabalhos revelam as seguintes propriedades:

- Antioxidantes: o mangostão contribui para combater o envelhecimento precoce e a evitar a oxidação do colesterol LDL que leva à doença cardíaca.
- Anti-inflamatórias, uma vez que é uma ajuda interessante no combate, por exemplo, à artrite.
- Anti-cancerígeno, tendo em conta que induz a morte das células tumorais.
- Anti-fúngicas, anti-virais e anti-bacterianas: é por isso visto com muito interesse nesta época de pandemia de gripe que se tem vindo a instalar.
- Anti-hipertensoras: ajuda a regular a pressão arterial.

Em Portugal…
A produção de mangostão é relativamente pequena; as plantações destas árvores só estão em condições de ser exploradas comercialmente ao fim de 10 a 15 anos. O que explica que a sua existência nos tenha passado ao lado até há bem pouco tempo.

O mangostão já era referido pela medicina tradicional chinesa na Dinastia Ming (1368-1644 DC) como fruto que contribuía para a manutenção da saúde.

Xantonas Antioxidantes:
O segredo está nas xantonas, compostos de elevado poder antioxidante que se encontram no pericárpio do fruto (casca). O nome derivado do grego: xanthos significa amarelo.
As xantonas são substâncias naturais e encontram-se apenas num pequeno número de plantas tropicais. Há cerca de 200 xantonas na Natureza, e só no mangostão podemos encontrar 40, sendo as principais a, ß e mangostin. Para além das xantonas, o mangostão é ainda rico em vitaminas, minerais, polifenóis.

Fonte, Revista Performance 

A nossa sugestão vai para:
Mangosteen Plus com Clorofila
Mangosteen Pague 1 leve 2
Mangostão Extracto Concentrado
Mangosteen + Graviola

sábado, 11 de dezembro de 2010

E uma Lasanha de Beringela para o jantar?

Esta receita de lasanha de berinjela além de prática e saborosa é light!

Ingredientes:

2 berinjelas medias descascadas e cortadas em fatias finas no sentido do comprimento

1 cebola picada

2 dentes de alho amassados

2 lata de molho de tomate pronto

200 g de presunto

200 g de mozzarella

Sal e pimenta a gosto

2 colheres de sopa de óleo


Preparação:

Numa panela, coloque o óleo e doure a cebola com o alho, acrescente as 2 latas de molho e tempere a gosto com sal e pimenta.

Quando o molho levantar fervura coloque as fatias de berinjela aos pouco para que cozinhe levemente.

Em seguida alterne em uma forma fatias de berinjela molho, presunto e a mozzarella repita o procedimento e finalize com queijo e molho.

Leve ao forno pré-aquecido a 200º graus por 25 minutos.

Tempo total de Preparação: 45m

Nº de Pessoas: 6

E bom jantar!

Fonte, Revista Performance

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Sabiam que o Tomate Previne Cancro e Doenças do Coração?

É verdade, o tomate pode também ajudar a evitar o aparecimento de alguns tipos de cancro.

A maior parte das pessoas não sabe se o tomate é um fruto ou um legume.

Os povos mediterrâneos descobriram que o azeite ajuda a prevenir as doenças do coração.

Agora, fala-se noutro alimento com capacidades protectoras: o tomate.

Este apresenta propriedades que contrariam a tendência que o sangue tem para coagular e, por consequência, prevenir grande parte dos problemas do aparelho cardiovascular.

O tomate pode também ajudar a evitar o aparecimento de alguns tipos de cancro.

Contém um antioxidante chamado licopeno que ajuda a reduzir o risco de se contrair cancro da próstata, da mama, do cólon e dos pulmões.

Por isso...comam e abusem do tomate!

Fonte, Revista Performance

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Está sem ideias para o jantar de logo?

Sugerimos uma entrada que é uma forma fresca e divertida de ingerir abacates.
Um Sorvete de Abacate e Limão.

Este fruto arredondado ou piriforme tem mais de 30% de gorduras, é rico em açúcares e vitaminas e possui um dos mais elevados teores de proteínas dentre as frutas.

Cada 100 gramas de abacate contém 160 calorias e 0,66 gramas de açúcares simples. Dessas 100 gramas, cerca de 73,23 gramas são água.

Ingredientes:
(para 4 pessoas)

2 abacates médios

8 limões

1 folha de 10 g de gelatina

adoçante próprio para cozinhar e congelar

salsa


Preparação:

1. Abra os abacates ao meio, retire o caroço e a polpa mas reserve as cascas. Triture a polpa e passe-a num coador. Esprema os limões e misture o sumo com o abacate.

2. Demolhe a gelatina em água fria e dissolva-a em banho-maria, em lume brando, sem deixar ferver.

3. Num tacho, misture o adoçante com água suficiente para o cobrir e mexa até obter uma calda transparente. Acrescente a gelatina dissolvida, deixe arrefecer e junte a mistura de limão e abacate. Mexa bem e coloque no congelador durante cerca de meia hora. Passado este tempo, mexa o sorvete e volte a colocá-lo no congelador quatro horas.

4. Triture a mistura anterior com um garfo e leve ao congelador mais trinta minutos. Sirva o sorvete nas cascas de abacate, decorado com salsa e rodelas de limão.

E bom jantar!

Fonte, Revista 100% Natural

Quem nunca sonhou em ter umas Pernas Bonitas!

Já ouviram falar da Gotu Kola ou Centella asiática?

Ela é uma planta originária das regiões quentes da Índia, Paquistão, China e Austrália. Os seus principais elementos terapêuticos são os triterpenos: asiatocosidos e ácido asiático.


A Gotu Kola é um elemento amplamente utilizado no tratamento da celulite, mas também no tratamento da insuficiência venosa profunda, as varizes e problemas de circulação como sensação de pernas pesadas, cãibras e formigueiros.

Tem sido demonstrado que a Gotu Kola melhora as alterações das paredes dos vasos sanguíneos e da microcirculação. Os seus efeitos mais visíveis resultam da sua acção vasoprotetora.

A Gotu Kola melhora a circulação sanguínea dado que actua directamente sobre o tecido conjuntivo das veias, fortalecendo as paredes dos vasos e melhorando o fluxo sanguíneo.

Ao melhorar a circulação, ajuda também a melhorar a celulite. Mas neste aspecto a sua contribuição principal é a nível da síntese de colagénio por parte dos fibroblastos, normalizando a produção de fibras colagénicas e eliminando a fibrose responsável pelo armazenamento de água e gorduras que são a principal causa da celulite.

Esta normalização da produção de colagénio também melhora o aspecto da pele.

Estudos realizados nos últimos anos comprovam que a utilização de Gotu Kola durante um período de 2 ou 3 meses seguidos causa uma redução significativa da celulite e dos transtornos associados.

Ainda em relação às alterações de circulação, a suplementação com Gotu Kola produz efeitos visíveis na redução de alterações como pernas inchadas e cansadas, durante as primeiras semanas de suplementação e nestes casos recomenda-se uma suplementação continuada durante todo o ano, podendo existir uma pequena paragem nos meses mais frios.

A nossa sugestão vai para o Startlim Gotu Kola

Fonte, Revista 100% Natural

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Sabia que... o Sumo de Maçã melhora o Desempenho Mental

Pois é... Um estudo realizado na Universidade de Massachusetts, nos EUA, concluiu que o consumo de sumo de maçã pode ajudar a combater o declínio cognitivo e o aparecimento de doenças neurodegenerativas, como a Alzheimer. Os investigadores fizeram testes com roedores e verificaram que este sumo ajudou as cobaias a melhorarem o desempenho nas provas de labirinto, revelando um atraso no declínio da habilidade cognitiva. A investigação demonstrou, assim, que os animais produziram em menor quantidade um fragmento de proteína chamada beta-amilóide, que é responsável pela formação das "placas de senilidade", que são encontradas em cérebros de indivíduos afectados pela doença de Alzheimer.

Sabia também que ouvir música favorita pode ajudar à recuperação cerebral dos doentes que sofreram um AVC no hemisfério direito. É verdade, a explicação, diz um estudo, pode estar no facto da música activar as regiões cerebrais que trabalham com as emoções.

Sugerimos como suplementação o Ultra DHA da GoldNutrition Clinical
Aqui fica a nossa dica!
Fonte, Revista 100% Natural

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

One Shot Energy | O Produto mais esperado do ano!

A mais recente novidade da GoldNutrition
já chegou à eNetural!

One Shot Energy GoldNutrition
Melhora os níveis de energia e concentração.

É um shot de energia para os momentos em que o organismo precisa de intensificar os níveis de energia, alerta, concentração e capacidade de resposta. Contém Guaraná, Taurina e Ginseng.
É recomendado para várias situações, como exames, reuniões importantes, longas horas a conduzir, ou mesmo, para desfrutar de uma saída nocturna após um dia intenso de trabalho. Embalagem fácil de transportar, pode tomar em qualquer lado.

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Arando Vermelho - Sistema Urinário

Utilizado durante séculos pelos índios americanos e bebido pelas estrelas da série televisiva “Sexo e a Cidade”, o Arando Vermelho (ou Cramberry) foi conquistando adeptos ao longo de anos, em grande parte graças às propriedades benéficas para o sistema urinário. Dizem os especialistas que bastam dois copos do seu sumo para parar uma infecção.

“Quatro cosmopolitans por favor”. As protagonistas da série Sex and the City não dispensavam esta bebida de cor vermelha que tem como ingrediente principal o arando vermelho, ou cranberry, como também é chamado. Provavelmente nem o sabiam, mas este fruto é um excelente aliado das mulheres, sobretudo no que diz respeito ao sistema urinário. Que o digam as comunidades índias americanas, que sempre tomaram o sumo do arando vermelho para tratar e prevenir infecções na bexiga e nos rins.

Mais uma vez os estudos científicos acabaram por comprovar a sabedoria ancestral e, por exemplo, a Universidade de Harvard (E.U.A) divulgou um trabalho realizado pela Cochrane Coliaboration (uma rede dedicada à revisão de intervenções no sector da saúde) onde se evidenciaram as propriedades benéficas do cranberry. A instituição avaliou dez investigações, que envolveram mais de 1000 participantes, e concluiu que o consumo diário (durante um ano) de produtos à base deste fruto, reduzia a incidência de infecções urinárias em 35%. No caso das mulheres, as mais afectadas por este problema, o valor subia mesmo para os 39%.

Este trabalho não analisou as quantidades que devem ser consumidas, mas vários especialistas defendem que bastam dois copos de sumo de arando vermelho para parar uma infecção urinária.

Estes resultados são também sublinhados pela última investigação conhecida sobre a matéria, publicada em Março no Journal of Medical Food. Este trabalho sugere que a capacidade deste superfruto (arando vermelho) deve-se aos químicos que contém, as chamadas Proantocianidinas, que previnem as infecções, evitando que as bactérias (incluindo a E. coli), se fixem à parede do tracto urinário, promovendo a sua eliminação através da urina. A bactéria E. Coli é responsável por cerca de 85% das infecções urinárias, como a cistite.

OUTRAS PROPRIEDADES
As virtudes terapêuticas do arando vermelho não se esgotam ao nível do sistema urinário e vários investigadores analisaram também outras propriedades medicinais. Por exemplo, um estudo da Universidade de Wisconsin defende que o sumo desta fruta rica em antioxidantes é útil para a saúde cardiovascular, reduzindo significativamente os níveis de mau colesterol no sangue, um factor importante na prevenção da arteriosclerose. Outras investigações realizadas na Universidade de Tel Aviv (Israel) sugerem resultados positivos na prevenção de cáries e algumas úlceras no estômago, aparentemente graças ao mesmo mecanismo de antiadesão que protege o sistema urinário. Noutro campo surge também um estudo da Universidade de Western Ontario, realizado apenas em animais, que apontaram para a possibilidade de consumo de subprodutos de arando vermelho poderem inibir os tumores da mama.

Suplementos com Arando Vermelho:
- Arando em cápsulas 
Fonte, Revista 100% Natural

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Não engorde no Inverno

Com a chegada do tempo frio temos tendência para comer mais. Controle o seu apetite.

Durante o Inverno, é normal apetecer-lhe comer mais, porque com o frio necessita de ingerir mais calorias para manter a temperatura corporal. Para além disso, anda mais agasalhado, o que lhe permite esconder mais facilmente os quilos extra. Mas não se dê por vencido na luta contra a balança.

O mais importante é seguir uma dieta saudável, equilibrada e baixa em calorias que o faça perder os quilos de que não se consegue livrar. O primeiro passo é incluir alimentos de época na dieta - ajudam a repor minerais, sobretudo antioxidantes, como o selénio e o zinco, bem como vitaminas (A, B, C e E) - e mudar a forma de os preparar.

Para fazer dieta não é necessário contar as calorias, o que é importante é seguir uma alimentação adequada às necessidades e à vida de cada pessoa em cada momento, tendo em conta horários, hábitos e a prática ou não de exercício físico.

Cinco passos para uma dieta de sucesso

1. Comer cinco a seis vezes por dia
O jantar deve ser uma refeição ligeira, com quantidade inferior em relação à hora do almoço. O ideal é comer mais legumes e refeições mais à base de peixe, já que são fáceis de digerir.

2. Manter-se bem hidratado
Começar o dia com um copo de água faz muito bem e, ao longo do dia, deve beber, pelo menos, dois litros. De manhã, é indispensável tomar um pequeno-almoço equilibrado. Coma uma peça de fruta, uma ou duas torradas com queijo fresco ou requeijão, um iogurte magro e café ou chá sem açúcar.

3. Comer frutas variadas
Pode comer todas as frutas e legumes de Inverno. Caso tenha tendência para sofrer de prisão de ventre, dois kiwis em jejum podem ajudá-la a evitar o problema, para além de ser uma fruta muito rica em vitamina C, ideal para prevenir as constipações.

4. Saborear um bom vinho
Um copo de vinho tinto às refeições é permitido pois tem taninos que ajudam a aumentar o bom colesterol (de preferência, só ao almoço).

5. Praticar exercício físico
É importante também queimar calorias para se manter em forma. Pilates, yoga, natação, caminhar ou andar de bicicleta são boas opções.

Fonte, Sapo Saúde

terça-feira, 30 de novembro de 2010

Não deixe as compras de Natal para a última hora!


A Enetural pode ajudar!
Vamos enviar-lhe todos os dias sugestões úteis, saudáveis e em conta!

Enviamos tudo embrulhado, prontinho para colocar no sapatinho!
1. Poupe dinheiro!
2. Ofereça presentes inteligentes, saudáveis e úteis!
3. Não tenha stress!

Aproveite! E guarde tempo e dinheiro para si e para a sua família!

Sabe o que implica deixar as compras de Natal para a última hora, não sabe?
1. Gastar mais dinheiro!
2. Comprar o que não quer!
3. Ter mais stress!

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

5 Erros de nutrição que arruínam as corridas

Comer bem é tão importante como treinar correctamente mas fica a saber que há corredores que não alcançam o seu rendimento óptimo por erros nutricionais como estes:

- Comer muita massa
Clássico entre os corredores. Uma quantidade excessiva supõe problemas digestivos que pode mandá-lo directamente para o banho na metade da corrida. Tome aveia para quebrar o jejum, batatas ao meio-dia e massa para o jantar, contudo em quantidades normais.

- Beber demasiada água
A água hidrata mas dilui os electrólitos (potássio, sódio, magnésio…) o que debilita e pode originar cólicas. Em casos extremos, pode causar hiponatremia, um problema mortal. Beba no máximo de 450 a 500ml de água 2 ou 3 horas antes da competição. Tome um copo de água antes da saída.

- Carregar de fibra
Alguns corredores decidem ficar muito saudáveis e comem muitos alimentos ricos em fibra no dia anterior à corrida. Ingira fibras mas não abuse nos dias anteriores para evitar gases e dores abdominais.

- Pequeno-almoço reduzido
Se vais competir de manhã não cometa o erro de comer muito menos do que o normal. O pequeno-almoço mantém o nível de glicose constante e se não o toma terá uma quebra. Levante-se 3 horas antes e coma, evite alimentos pesados e tome cereais como aveia. Se não pode tomar algo sólido, faça um batido de bananas, leite desnatado e açúcar amarelo.

- Uma comida nova?
Nem pense! Por muito saudável que te ou por muito bem que faça aos outros, é melhor que não faça experiências com o sistema digestivo antes de uma corrida. Se viajar para um sítio novo, assegure-se que toma alimentos a que está acostumado. Massas, arroz e a carne grelhada nunca falham.

In, SportLife Mulher

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Os melhores remédios caseiros

Conheça algumas soluções caseiras de primeiros-socorros para que possa, instantaneamente, minimizar a dor, estabilizar uma lesão ou remediar um problema mais grave até conseguir chegar ao hospital.

FOI PICADO POR UMA ABELHA
O que fazer
Pegue numa faca que não corte e raspe a pele até sangrar ligeiramente. Sairá o ferrão.
- Assim evitará que o “veneno” entre na corrente sanguínea.
Depois de ver o ferrão a sair – uma ponta preta – desinfecte bem e aplique gelo, ou uma compressa com amoníaco ou mesmo vinagre.
A sabedoria popular diz que se pode pressionar com uma moeda no local que passa a dor… nós não experimentámos!

TEM UMA QUEIMADURA DE PRIMEIRO GRAU
O que fazer
Esfregue com cebola.
- O gelo pára a circulação e você precisa dos glóbulos vermelhos para se curar.
Portanto, deixe correr água fria sobre a queimadura durante um mínimo de cinco minutos.
De seguida, corte uma cebola ao meio e coloque-a sobre a ferida. Ela contém um ligeiro efeito analgésico.

FEZ UM ENTORSE
O que fazer
Inventar algo que imobilize a zona e logo que possa vá às urgências.
- Tente arranjar algo que se assemelhe as duas tábuas pequenas e ate atacadores ao longo do tornozelo para o manter o mais imóvel possível.
Pode usar uma t-shirt para obter o mesmo efeito. Para imobilizar o pulso, deve pôr a parte mais grossa da espátula improvisada na palma da mão e envolver o pulso com uma meia ou t-shirt.

TEM A MÃO CHEIA DE ESPINHOS
O que fazer
Tire-os com cera das velas.
- Acenda uma vela e coloque a cera a derreter sobre a zona onde se picou, deixe que endureça e depois tire tudo. Este processo ajuda-o a libertar os espinhos.
Para se certificar de que saem todos, use a parte pegajosa de uma fita isoladora ou mesmo das tiras de cera de depilação.

O ABCESSO ESTÁ A MATÁ-LO
O que fazer
Primeiro marque rapidamente uma consulta no dentista.
Enquanto isso, esforce-se para chupar uma cabeça de alho – não vale trocadilhos! – perto da zona onde lhe dói mais.
- O óleo do alho age como um suave anestésico local.
Agora um alerta nosso: se a dor lhe passar depois deste processo, lembre-se que não poderá sair de casa sem antes lavar bem os dentes!

TEM NÁUSEAS
O que fazer
Improvise uma pulseira com uma bola de golfe no centro.
- Os pescadores dizem que o gengibre é o melhor remédio para o enjoo, mas nós revelamos-lhe um truque oriental bastante eficaz: encontrar o ponto de pressão “pericárdio número seis”: a partir da palma da mão inferior, mede três dedos até ao cotovelo.
Coloque uma bola de golfe a exercer força no centro do pulso.
Verá como o seu estômago se acalmará.

CORTOU-SE NOS DEDOS
O que fazer
- Estancar rapidamente o sangue da zona onde se cortou.
Ponha cola no dedo onde se cortou. Aplique e faça pressão. Parece estranho, mas conseguirá parar o sangue se aplicar cola ou resina das árvores, tão presente nos nossos pinhais. As outras opções são o açúcar ou a pimenta. Se for um golpe profundo dirija-se de seguida para o hospital.

In Men's Health